Autre

Autre

França é o país convidado da Porto Design Biennale ’21. Através de um programa diversificado de conversas na rádio, exposições, instalações e projetos sociais, os curadores Caroline Naphegyi e Sam Baron irão promover a participação dos cidadãos.

Seguindo a técnica surrealista do cadavre exquis, Autre pediu a artistas, designers e pensadores franceses e portugueses que desenvolvessem trabalho criativo com base num conjunto de objetos recolhidos no Porto.

O resultado deste processo será revelado durante a Biennale sob diferentes formatos: um programa de rádio onde as culturas portuguesa e francesa se encontram; exposições e instalações realizadas no Museu Soares dos Reis e na área envolvente; e uma iniciativa social em que o design se torna uma ferramenta que ajuda a alimentar e apoiar pessoas carenciadas.

 

#AUTRE-LÀ

02/06 – 25/07

Exposição

Museu Nacional de Soares dos Reis, Porto

Autre-là é uma sala de exposição preliminar concebida como um espaço de boas-vindas aos visitantes, onde é apresentado o processo de construção do programa francês e se reúnem os elementos que foram recolhidos a partir dos desafios lançados pelos curadores, o material de pesquisa, as reflexões preliminares, leituras, esboços e as contribuições de cada um dos atores. Este espaço é também o ponto de partida para um passeio pelas cidades do Porto e Matosinhos, proposto por um guia que reúne lugares inesperados, alguns reais, outros imaginários, alguns visuais e outros culinários, alguns clássicos, outros bizarros…

#AUTREMONDE

02/06 – 25/07

Exposição

Museu Nacional de Soares dos Reis, Porto

O design francês é uma continuação da cultura das artes decorativas e tem um legado cultural inegável relacionado com os objetos manufaturados de uso diários. O Museu Nacional de Soares dos Reis é um dos mais importantes museus do Porto. O seu jardim de camélias centenárias e o adjacente Velódromo Maria Amélia, onde decorriam as provas de ciclismo, jogava-se ténis e passeava-se na horta. Neste espaço de encontro entre mundos, queremos abrir espaço a uma conversa entre o interior do museu e suas coleções, e o exterior, um espaço natural onde a natureza cresce sem constrangimentos, questionando o contributo e impacto dos humanos no planeta, as representações e histórias reveladas pelos artefactos e o próprio conceito de museu. Recolher e mostrar, conservar e comunicar, estudar e ligar, contemplar e circular, são algumas das dialéticas exploradas nesta exposição.

#AUTREVOIX

05/06 – 25/07

Rádio

MUSEU DA CIDADE, Rádio Estação, Porto

A rádio é uma das mais multiversas ferramentas de comunicação. O seu potencial enquanto espaço de divulgação, sem aparente limite de espaço e alcance, e o espaço que ocupa na divulgação da língua são inegáveis. No quadro do programa de França, País Convidado da Porto Design Biennale 2021, está a ser desenvolvida uma colaboração com a Rádio Estação para a emissão de um programa experimental composto por uma “colagem” das diversas contribuições de artistas, designers, curadores e convidados do cadavre exquis. A seleção incluirá uma ampla gama de conteúdos, desde receitas de comida a poemas, ou de canções a sons da cidade. Uma vez por semana, ao longo de trinta minutos, este espaço receberá ainda conversas com filósofos, empresários, curadores e escritores. A Alliance Française Porto será também parceira deste projeto através da emissão de conteúdos de leitura e tradução.

Cápsulas Segunda a Sexta 11h00 + 18h00 (repetição) Conteúdos diversificados, desde a música à poesia, dos sons da cidade às receitas culinárias.

Entrevistas Sábados 11h00 Conversas de 30 minutos com Inês Meneses, Fabienne Brugère, Sebastien Thierry, André Cruz, Emanuele Coccia, Emmanuel Druon, Li Edelkoort e Philippe Vergne

Compacto Domingos 11h00 Compilação dos programas da semana.

#AUTRENUIT

13/07 – 14/07

Conversas

Online + esad-idea, Matosinhos

Autrenuit segue o formato explorado nos acontecimentos L’Étrange Nuit du Design (Outubro de 2020) e Night of Social Rights (abril de 2021), organizados pelo instituto de investigação e design Civic City, que propõe um formato de 24 horas de diálogos. A ter lugar no dia 14 de julho, na esad—idea das 9h00 às 15h00, e com transmissão simultânea para as plataformas online do evento, esta proposta apresentará, a cada hora, um convidado  que trará até três personalidades à sua escolha para um diálogo em torno das potencialidades do design para conceber e concretizar realidades sociais e ecológicas alternativas e mais justas.

#AUTREMENT

05/06

Ação/ Action

Hotelier, Porto

O design como forma de valorizar a atuação de diversos atores sociais, desde as ONG à estrutura industrial, é esta a proposta de uma atividade que se inspira num dos mais transversais e universais contos populares: a sopa da pedra. Conto folclórico com muitas variações, ilustra o princípio da ajuda mútua, em torno de uma sopa feita de pedras. Em Portugal, a pedra é de granito, noutros locais será diferente, mas o resultado final é sempre a história contada: o pouco torna-se muito quando é partilhado por todos e para todos. Inspirada por esta lenda, a designer Paula Lopes da Hotelier vai lançar dois eventos especiais que propõem a partilha de uma grande sopa. Este projeto conta com o apoio das Conservas Nero, o primeiro produtor português de latas de sardinha a usar óleo biodinâmico.

 

Sopa da Pedra

05/06

Ação/ Action

Jardim Basílio Teles, Matosinhos

Sopa da Pedra

17/07

Ação/ Action

Jardim Praça do Marquês, Porto